O ano de 1996 ficou marcado pelo embate entre o Grande Mestre Garry Kasparov e o Deep Blue! É o Deep Blue (não, não é brincadeira!). O adversário de Kasparov era nada mais nada menos do que uma máquina, um supercomputador criado pela IBM especialmente para jogar xadrez, essa supermáquina contava com 256 co-processadores, capazes de analisar 200 milhões de posições por segundo! Para se ter noção da monstruosidade o Kasparov possui a capacidade de examinar e avaliar até 3 posições por segundo (isso já é muito!). Mas por que será que esse ano ficou famoso? Esse ano ficou marcado por ser o primeiro ano em que a máquina ganha uma partida de um campeão do mundo sob regras normais de tempo. O jogo em si consistiu em 6 partidas e Garry se consagrou vitorioso com 3 vitórias, 2 empates e uma derrota, placar 4 a 2.

Em maio de 1997, aconteceu uma revanche (após várias atualizações na Deep Blue). Nesse ano porém o placar foi diferente e o supercomputador vence o supercampeão com 2 vitórias, 3 empates e uma derrota (placar: 3,5 a 2,5). Um jogo com uma grande polêmica que se arrasta até hoje, talvez a maior polêmica no mundo do xadrez. No segundo match Kasparov teria acusado a IBM de ter trapaceado e colocado Grandes Mestres que teriam interferido na partida, o que não era permitido, e a IBM por sua vez alegou que os ajustes e as intervenções eram realizadas somente entre uma partida e outra. O campeão do mundo então pediu os arquivos do match (printouts dos log files) e a IBM se recusou em divulgá-los (outra polêmica!) e se não bastasse o banco de dados do Deep Blue constava com 700 mil partidas de Mestres e Grandes Mestres e quando Kasparov pediu para analisar algumas partidas do seu oponente, para compreender melhor o adversário, a IBM se recusou em fornecer (mais uma!), outro fato curioso é que após a derrota Kasparov pediu uma revanche o que também foi negado pela empresa e o Deep Blue após a vitória foi aposentado! (Mole?!)

Fatos que geraram muita polêmica e que incentivaram, em 2003,  a criação de um documentário sobre o episódio (Game Over: Kasparov and the Machine), que descreve a possibilidade dessa vitoria ser uma jogada de marketing por parte da IBM.

A seguir o match que gerou a grande polêmica:

 

Após as grandes polêmicas o Garry Kasparov não fugiu dos embates contra as máquinas. Nesse comercial a pepsi coloca o campeão para enfrentar a ira delas!! (bem criativo!)

 

fontes: http://www.nao-til.com.br/nao-64/deepblue.htm

http://peaodorei.blogspot.com/2008/01/kasparov-x-deep-blue.html